Seriados quase nada convencionais.

6 dez

Eu sempre gostei muito desses seriados americanos, tipo Gossip Girl, Friends, The O.C. e etc, mas nunca me idenfiquei nada com nenhum deles e achava tudo muito surreal. Sentia falta de seriados “Nerdzinhos”, “Geeks” e também de personagens que não são nada populares, até que conheci The I.T. Crowd e Glee. A-DO-REI e recomendo! ;)

The I.T. Crowd

Sinopse: Os colaboradores da área de tecnologia da Revnholm Industries definitivamente estão em apuros e precisam de terapia na cômica The IT Crowd. Eles trabalham no suporte técnico, instalado num sujo, escuro, horrível e apertado subsolo, enquanto as demais equipes da empresa contam com moderna arquitetura e parecerem bonitos, felizes e com histórias de sucesso. Moss, embora seja muito inteligente, tem dificuldade de se comunicar com o que não possui teclado, sendo que a mulher da qual ele chegou mais perto foi a heroína dos games, Lara Croft. Seu colega Roy é sorridente, mas ao mesmo tempo possui uma personalidade que o distancia das pessoas normais. Jen é a nova chefe deste departamento e seu conhecimento em computação é mínimo. Ela tem o enorme desafio de diminuir o abismo entre técnicos e executivos. Moss e Roy evitam trabalhar o quanto podem e não gostam da idéia de serem chefiados por alguém que não tem conhecimento de tecnologia. Mas Jen vai batalhar duro para integrá-los à empresa, além de ensiná-los como é verdadeiramente trabalhar em equipe.

Glee

Sinopse: A história da série é focada nos esforços do professor de espanhol Will Schuester, em reeguer o coral da escola, chamado de “Glee Club” (Clube do Coral), que no passado foi motivo de grande orgulho para todos os alunos na instituição. No entanto, a escola não tem recursos para sustentar o coral, que a princípio só atrai os alunos pouco populares e estigmatizados. Assim, eles precisam chegar à final do campeonato regional de corais para garantir a verba para continuar funcionando. No meio disso, a professora Sue Sylvester, que treina o time de líderes de torcida da escola, que já venceu inúmeros campeonatos, está disposta a tudo para atrapalhar o sucesso do coral “Novas Direções”, já que ele pode resultar em menos prestígio e dinheiro para seu time de líderes de torcida. Enquanto isso, Quinn é expulsa das líderes de torcida por ficar grávida de Puck, mas todos acham que Finn é o pai, pois a ex-lider acha Puckerman um “perdedor na vida” e Finn mais responsável. A esposa de Will, tem uma “falsa gravidez” ou seja, queria tanto engravidar que seu corpo imitou os sintomas. Logo após saber da notícia após ter contado a todos que estava grávida, decide adotar um filho: a filha de Quinn. Além de todos estes casos, outros sofrem por outros problemas: Artie têm uma difícil vida na cadeira de rodas, Tina finge ser gaga para parecer estranha e não fazer as provas, Rachel não assume que outra pessoa seja melhor que ela, Kurt assume que é gay para o pai e o próprio Will está com problemas de relacionamento, com sua esposa e com Sue Silvester.

É isso, fikdik* para as férias galerinha ;)

Espero que gostem dos seriados tanto quanto eu.

Super beijo! ;*

Anúncios

Uma resposta to “Seriados quase nada convencionais.”

  1. girlgeeek 16/12/2009 às 5:18 #

    Oii guria…
    mudei o endereço do blog, vou por seu link lá!
    =]

    :***

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: